Aprendendo com o erro alheio

Eu sempre lembro de um v?deo que rodou h? alguns anos na internet (chamado Reflections of Motherhood) no qual m?es contavam sobre o que diriam a si mesmas se pudessem voltar no tempo.

S?o conselhos lindos, do tipo que voc? vai lendo e balan?ando a cabe?a, concordando. Vejam:

  • Encontre outras m?es
  • Tudo bem ter medo
  • Milh?es de pais e m?es sobreviveram a muuuuitas noites sem sono – acredite!
  • Sua m?e estava certa
  • Tudo bem querer “descer do trem” ?s vezes
  • Voc? vai errar
  • Pegue leve com voc? mesma
  • Essa fase (tamb?m) vai passar
  • Ningu?m sabe de verdade o que est? fazendo
  • Lembre-se: o Google n?o tem filhos
  • Voc? ? o especialista
  • Homens de verdade trocam fraldas
  • Tire um tempo pra voc? mesma
  • Vai levar um tempo para caber naquele jeans
  • Deixe a av? mim?-los
  • Seja corajosa e acredite nos seus instintos.

Com essa ideia de dar um conselho em mente, perguntei a amigos do que eles j? se arrependeram desde que os filhos deles nasceram.

Porque, de repente, pode ser mega ?til ouvir a experi?ncia de algu?m sobre algo que teria feito diferente. Pode nos tirar dessa in?rcia que mergulhamos ?s vezes, mesmo que sem querer. Pode nos abrir o olho para uma situa??o que j? estava incomodando, mas voc? n?o sabia o porqu?.

Come?o, claro, com a minha pr?pria experi?ncia:

Ber??rio

“Me arrependo de ter colocado o Theo no ber??rio com 6/7 meses. Era um lugar ok, mas ele estava sempre doentinho. Claro, n???

Tudo mudou na vidinha dele de um m?s pro outro: come?ou a passar umas 4 horas por dia num lugar estranho, estava frio, acabou desmamando…??

O que vejo hoje ? que fiz uma escolha baseada no grau de informa??o que eu tinha naquela ?poca.?

N?o tinha como ser diferente. Mas me ajudou muito a fazer tudo bem diferente quando a Liz nasceu.?Eu n?o acho certo nem errado colocar no ber??rio. Pra mim, deixar a Liz em casa, com uma bab?, por mais alguns meses foi ?timo.? Ela foi pra escolinha pouco antes de completar 1 ano. Funcionou bem pra n?s e, principalmente, pra ela.? Mas, cada fam?lia tem suas vontades e necessidades :)”

Obrigada a todos os amigos que compartilharam seus arrependimentos. Aqui v?o alguns deles:

Alimenta??o
“Me arrependi da rela??o que estabeleci com a comida e o meu primeiro filho. Muita regra, muita neura. Sinto que conseguimos reverter e hoje ? tudo bem mais tranquilo, mas ? um mega arrependimento.”
Amamenta??o
“Me arrependi de n?o ter me informado t?o bem sobre a amamenta??o; n?o ? t?o simples, como descobri logo ap?s ter minha primeira filha. Ela n?o ganhava peso e me arrependo tamb?m de ter me culpado al?m da conta e demorado a aceitar a dar o complemento. Na segunda filha fui mais esperta e amamentei s? no peito sem problemas e noias. Ufa!, fim de trauma!”
Desfralde
“Vou contar aqui o que eu faria diferente como m?e. Entre v?rias coisas, eu n?o insistiria em tirar a fralda antes mesmo dos 2 anos de idade. A sugest?o nem foi minha, mas eu n?o deveria ter embarcado nessa, mesmo se tratando de algu?m de quem eu gostava muito e gosto… O fato ? que foram muitos os momentos de stress porque ela n?o estava pronta! isso eu realmente faria diferente”
Desfralde 2
(foi o tema mais recorrente, mas trasncrevo s? mais um depoimento, porque os outro seguiram a mesma linha)
“Me arrependi de zilh?es de coisas, mas algumas foram marcantes. Uma delas foi for?ar a barra pra minha filha tirar a fralda… Acho que ela n?o estava pronta.”
Escola
“Me arrependo de ter deixado meu filho na escola depois de a diretora ter dito que ele seria “o terror do bairro”. Ele tinha s? 3 anos. S? tirei de l? quando ele j? estava com 6. Acho que poderia ter evitado alguns estragos j? feitos na incipiente auto-estima dele.
Rem?dios
“Me arrependi de ter dado tanto rem?dio para o meu primeiro filho, incluindo cortic?ide, antibi?ticos e broncodilatadores. E anti-al?rgicos tamb?m. Afe! Um dia abri a primeira gaveta do arm?rio dele, vi aquele monte de caixinha de rem?dio e quase surtei… Mas a essa altura ele j? estava maior e quase n?o ficava doente. S? fui mudar com a minha filha. Na primeira gripe forte dela, vi que o filme ia se repetir. Mudamos de vez para a homeopatia e hoje estamos todos bem mais tranquilos – e saud?veis!”

E voc?, se arrepende de algo? Que tal contar aqui o que voc? teria feito de diferente. Talvez sua experi?ncia possa ajudar outro pai ou m?e em uma situa??o parecida :)?


Cr?dito fotos: Criative commons

Posts relacionados

Tagged:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *